Floriano Schneider

Foram 25 anos de experiência na área comercial, passando por todos os níveis do processo de venda e o privilégio de treinando a equipe de vendas da maior empresa de alimentos do mundo. Minha missão é levar uma nova metodologia em treinamentos transformado vendedores em vencedores.

Veja mais:

Todos somos vendedores?

Quero que você entenda que dentro de você existe um vendedor com habilidades que só se explicam quando estudamos a nossa carga genética. Assim como muitos outros comportamentos, nossa evolução, movida pela sobrevivência, nos tornaram quem somos hoje.

Se somos da mesma espécie, há de se entender que todos temos a mesma carga genética. Logicamente que uns se desenvolvem mais que os outros, em diferentes característica, comportamentos e habilidades, mas isso está muito ligado aos propósitos individuais do que com habilidades natas. Menos de 1% da população nasce com uma habilidade nata. Para os seres humanos normais, como eu e a maioria, tudo depende do que se quer conquistar. Somos movidos por propósitos. E esse simples entendimento pode revolucionar sua carreira em vendas.

Em muitos casos o indivíduo está desmotivado porque não está satisfeito na função atual, ou ainda não chegou onde gostaria de estar, ou ainda acha que na sua profissão você não precisa vender.

Em uma entrevista de emprego por exemplo, vence quem estiver vestido adequadamente, quem souber se portar melhor na entrevista, quem tiver mais conhecimento técnico e teórico sobre a função e principalmente quem souber vender melhor tudo isso.

As pessoas estão ali para “vender seu peixe”. Ou estou falando alguma besteira?

Isso prova que mesmo quando não associamos o ato de vender a um produto ou serviço, estamos negociando com o mundo a nossa volta o tempo todo. Vence quem estiver preparado e isso requer inicialmente vontade de se preparar.

O problema é que as pessoas querem uma oportunidade, mas gostariam que as oportunidades fossem mais gentis com elas, que seus chefes fossem mais abertos, que as empresas fossem menos exigentes, que o estado fosse mais presente…

Mas esse não é o mundo real. E essa, desde o seu nascimento, nunca foi a sua realidade. Nós nascemos negociando com o mundo, negociando nossas necessidades básicas na infância, nosso prazer na adolescência e nosso sucesso na fase adulta. Hoje você está fazendo as suas escolhas, mas por algum motivo acredita que seu instinto de negociador não está te entregando os resultados que precisa para vencer.

E eu posso te garantir que o problema não está na sua profissão ou na sua ocupação atual. Encare todas as oportunidades que tem como um trampolim do sucesso. Enquanto você não tem o que você quer, você trabalha o que você tem. Esteja na função e busque todas as ferramentas e informações possíveis para se preparar para o próximo passo, a próxima função, a próxima promoção. Não seja, esteja. Tudo é uma questão de perspectiva.

Então se você neste momento está em uma função que não é o seu sonho esteja nesta função de corpo e alma, isso será determinante para seus próximos passos. Você precisa se tornar um especialista no que faz, independente da sua posição e começar a vender seu trabalho, vender seus produtos, a sua marca, e se vender. Com a mesma determinação com a qual fez isso em grande parte da sua vida. Primeiro para sobreviver, depois para seu prazer e hoje para seu sucesso.

Existe um vendedor bem aí, dentro de você. Basta prestar atenção na sua história de vida. Em algum momento você instintivamente usou essa habilidade. Mas se não está tendo os resultados que deseja, pode ser que o seu propósito de vida nesse momento não é forte o suficiente para te fazer ir além.

Sim, Todos Somos Vendedores.